Santa Catarina: Conheça a Oktoberfest e todas as festas de outubro!

Em outubro, várias cidades de Santa Catarina promovem festivais culturais, como Oktoberfest, Bierville, Fenaostra!

O estado de Santa Catarina deve muito as raízes europeias. No final do século XVIII, imigrantes de diversas nacionalidades desembarcaram aqui e foram cruciais para o crescimento da economia.

Por isso, até os dias de hoje, as tradições desses povos, principalmente a germânica, é celebrada e preservada com várias festas culturais que acontecem na região.

Durante o mês de outubro, pelo menos onze cidades realizam festas animadas para celebrar a cultura dos imigrantes! Os festivais sempre contam com gastronomia – incluindo os famosos chopes regionais –, danças, brincadeiras e também preservam a sua história local.

Então siga lendo e descubra sobre a programação, valores e local em que será realizado cada evento. Além de conhecer um pouco de sua história e curiosidades!

Oktoberfest em Blumenau

Foi com a cidade de Blumenau que a Oktoberfest ficou conhecida nacionalmente. Já na primeira edição, em 1984, 102 mil pessoas foram recebidas nos 10 dias de evento. A comemoração foi criada com o propósito de animar os blumenauenses após as fortes enchentes.

No ano de 1988 consagrou como uma versão da Oktoberfest de Munique e até hoje reúne mais de 600 mil pessoas anualmente.

Por essas razões, o tradicional festival de Blumenau é considerado a segunda maior festa popular alemã no mundo.

A programação é bem intensa.

Desfile Oktoberfest

Há apresentação de vários grupos de danças folclóricas germânicas; há modalidade esportiva de tiro ao alvo; há apresentação de diversas bandas musicais – inclusive com algumas que vem diretamente da Alemanha; há competição do chope em metro e realização de concursos (Realeza, Fristz e Fridas).

Além dos desfiles oficiais que acontecem na Rua XV de Novembro, no Centro de Blumenau. Uma atração lindíssima, onde participam mais de 3 mil integrantes.

A festa é celebrada no Parque Vila Germânica. É aqui acontecem as principais atrações do evento, como as apresentações musicais e aonde são servidas as tradicionais comidas e cervejas alemãs.

A Vila Germânica tem 3 pavilhões/setores, cada um com sua própria programação. Existe, ainda, o Eisenbahn Biergarten (setor 4), um espaço inaugurado no aniversário de 165 anos da cidade. No Parque também há um conjunto de lojas em arquitetura alemã. Lá você irá encontrar lembrancinhas de Blumenau e artigos de festa.

Com certeza, pelo menos uma vez na vida, você tem que conhecer a Oktoberfest! Durante o dia, a programação é ideal para famílias e crianças. À noite, os pavilhões contam com muita festança.

Relacionado: Oktoberfest de Blumenau, informações e dicas sobre a tradicional festa alemã!


Bierville em Joinville

Em sua terceira edição, a Bierville já mostrou que veio para ficar entre as festas de outubro de Santa Catarina. O evento realizado em Joinville promete ser a festa de outubro com a maior diversidade de cervejas.

Serão 16 tipos de cervejarias, com foco em reunir cervejarias de diversos estados brasileiros, além de celebrar a tradição germânica.

Bierville

A programação também conta com opções gastronômicas e com muita música alemã. E, segundo a organização, o evento é para família toda participar, já que terão atrações para os pequenos também.

Lembrando que menores de 18 anos só poderão entrar acompanhados dos pais ou responsáveis.


Fenaostra em Florianópolis

A Festa Nacional da Ostra e da Cultura Açoriana, é o único evento desse segmento no Brasil. A primeira edição foi realizada no ano de 1999 e até hoje tem sido um sucesso, crescendo a cada festival.

A Fenaostra foi concebida com o objetivo de divulgar o molusco catarinense e ampliar o mercado para os produtores. Florianópolis é conhecida como “Capital Nacional da Ostra”, pois representa quase 70% da produção de ostras no mercado nacional.

Fenaostra em Florianópolis

As atrações que ocorrem na festa, buscam resgatar e prestigiar a cultura e a gastronomia açoriana da Ilha de Santa Catarina. Assim, você irá encontrar várias barraquinhas e barraquinhas gastronômicas, que comercializam os mais diversos pratos: como pastéis, frutos do mar e ostras elaboradas das mais variadas formas.

Nessa edição, o evento mudou de local e acontecerá no Mercado Público da cidade. Toda a festa buscará uma programação para agradar os moradores da Capital e por isso se intitula “100% manezinha”.


Fenarreco em Brusque

Fenarreco – Festa Nacional do Marreco é realizada em Brusque, desde de 1986. A cidade fica à 40km de Blumenau e foi inspirada na Oktoberfest, por esse motivo é celebrada na mesma época.

Na ceia de natal alemã, o ganso é o prato tradicional da noite. Mas, quando os imigrantes alemães vieram ao Brasil, o marreco substituiu o ganso, pois esta ave não era mais encontrada por aqui.

Então o costume trazido pelos imigrantes, popularizou na cidade com os grupos de caça, que adotou o marreco como opções gastronômicas servidas durante festas e eventos sociais. Consequentemente, a carne cada vez mais começou a ser procurada pelos turistas.

Assim, no ano de 1985, foi esboçada a primeira Fenarreco, porém o evento só se realizou mesmo em 1986. A ideia inicial era que a festa fosse um “esquenta” para os turistas, que depois iriam à Oktoberfest.

Contudo, o sucesso foi tanto que se consolidou como um festival independente e alavancou o turismo na região. Tanto que, na 2ª edição da Fenarreco, uma das atrações era uma banda contratada diretamente da Alemanha.

Hoje em dia a Fenarreco é realizada no pavilhão Maria Celina Vidotto Imhof, que conta com o pavilhão principal, o pavilhão cultural e o restaurante.

Entre as atrações da festa, tem o chope em metro, corrida de tamancos, apresentações de várias bandas alemãs e grupos folclóricos. Além da escolha da rainha e da culinária alemã – com muito marreco, eisbein (joelho de porco), repolho roxo, chucrute e salsichas vermelhas e brancas.


Oktoberfest em Itapiranga

Itapiranga, fica no extremo oeste de Santa Catarina e se denomina como o “Berço Nacional da Oktoberfest”. Foi nesta cidade, no ano de 1978, onde se celebrou a primeira Oktoberfest no Brasil.

Conta a história que o Sr. Wiho Prost, em frente à sociedade Linha Presidente Becker, disse a dois jovens: “wir mussen das Oktoberfest feiern als kulturellesfest, wie in münchen”, que significa: “Nós precisamos festejar a Oktoberfest como uma festa cultural, como em Munique”.

Então, um grupo de amigos se organizou e preparou um desfile em cima de um trator enfeitado com flores e folhas, com direito a galeto e cerveja, acompanhados de gaita e violão.

Por isso que, para manter a tradição, até hoje o festival é iniciado em encerrado na Linha Presidente Becker. Com apresentação de bandinhas e comidas típica.

Já nos dias principais da festa, ela ocorre no complexo da Oktoberfest, onde ocorre apresentações culturais e muita gastronomia. Somando ao evento, ainda acontece visita ao Museu Comunitário Almiro Theobaldo Müller e apresentação de banda típica nas ruas e avenidas da cidade.


Tirolerfest em Treze Tílias

A cidade do tirol brasileiro, Treze Tílias, localizada no centro-oeste de Santa Catarina, foi fundada em 1933. Durante os cinco anos seguintes, vários imigrantes vindos da Áustria – região de Tirol, Vorarlberg, Alta Áustria e Tirol Sul (hoje pertencente à Itália) – e alguns também da Alemanha e Itália, povoaram o município.

Assim, Treze Tílias é a cidade mais austríaca do Brasil. Além de levar o título de “Capital Catarinense dos Escultores e Esculturas em Madeira”.

Desde sua fundação, todo ano, é realizada a Tirolerfest, sendo o evento mais tradicional do município. A Festa da Imigração Austríaca celebra a cultura trazida pelos imigrantes através da música, da arte e da culinária.

Farta de danças folclóricas tirolesas, música austríaca, desfile histórico e cerveja, a Tirolerfest torno-se um destino bem procurado por turistas do Brasil e do exterior.

A festa é realizada sempre em outubro, próximo ao dia 13, data que se comemora o aniversário da cidade.


Festa do Imigrante em Timbó

Timbó fica localizada a apenas 30km de Blumenau e foi fundada no dia 12 de outubro de 1869. A cidade foi estabelecida pelos imigrantes alemães, porém a economia e crescimento de Timbó deve muito aos imigrantes italianos.

Então para celebrar o aniversário da cidade e se integrar ao ciclo das festas catarinenses de outubro nasceu a Festa do Imigrante, que preserva a cultura alemã e italiana.

Festa do Imigrante em Timbó

Nos dias do festival há concerto de bandas, desfile, gastronomia típica, café colonial, parque de diversões, tenda de tiros e competições. Além de feira de arte, artesanato e produtos típicos.

A Festa do Imigrante é realizada no Pavilhão de Eventos Henry Paul, dividido como pavilhão de eventos e pavilhão cultural, onde ocorrem atrações simultâneas.


Festa do Produto Colonial em São Martinho

Conhecida como maior festa alemã do sul do Estado e a segunda maior de tradição germânica de Santa Catarina, a Festa do Produto Colonial nasceu em 1993. São Martinho foi colonizado por imigrantes oriundos da Westfhalia, no noroeste da Alemanha, que chegaram por volta de 1860. Foram eles os responsáveis pelo desenvolvimento econômico da cidade. Construíram suas casas, abriram estradas, criaram escolas e igrejas.

O festival procura valorizar a produção agrícola e gastronômica do município, por meio de exposições e oportunidades de agronegócios durante a festa. Também tem por objetivo incentivar a produção de artesanatos.

O evento já contou com mais de 25 mil pessoas e vem se consolidando como uma tradição a cada ano.

Na Festa do Produto Colonial você vai encontrar desfiles, apresentações folclóricas, campeonatos típicos, gastronomia, música e muito chope, a tradição alemã.


Oktoberfest em Maravilha

Pelo nome do evento, já se sabe que nos dias de festa você irá encontrar muita música, gastronomia e chope germânico.  A cidade de Maravilha, que também se localiza no extremo oeste do estado, realiza o festival desde o ano de 2008.

O evento já se tornou tradicional no município. A cada edição vem reunindo mais gente e já contou com participação de mais de 4 mil pessoas.

O objetivo da festa é promover e difundir a cultura alemã, com danças e comidas típicas alemãs. A Oktoberfest costuma durar dois dias e é realizado no Parque de Exposições Carlos Alberto Begrow, conhecido como tomatão.


Kerbfest em Cunha Porã

A cidade de Cunha Porã, no ano de 1994, promoveu a primeira Kerbfest inspirada na Oktoberfest de Blumenau.

O município nasceu em 1931 e foi desbravada por imigrantes alemães recém vindos ao Brasil. Eles, que com muita dificuldade, foram os responsáveis pela colonização de Cunha Porã.

Então, para exaltar e celebrar a cultura e costumes dos primeiros habitantes, a Kerbfest é uma festa tradicionalmente alemã, que já conta com 20 edições realizadas.

No evento você irá encontrar muita música tradicional alemã, desfile cultural, gastronomia e chope, nos tradicionais três dias de festa.


Oberlandfest em Rio Negrinho

A Oberlandfest – A Festa do Planalto Norte Catarinense é realizada desde de 1991 pela prefeitura.

Rio Negrinho, que fica a 130km de Blumenau, também deve muito aos colonizadores alemães, que contribuíram para o desenvolvimento econômico da cidade. Portanto, a Oberlandfest é tipicamente germânica e busca relembrar os costumes e tradições trazidos pelos imigrantes.

A programação sempre conta com a escolha da rainha e princesas, concurso de serrador, tiro ao alvo, chope em metro e comidas típicas. Além da escolha de mini Frida e do mini Fritz.

 

Com certeza não vai faltar opção para celebrar a cultura dos imigrantes e a história de Santa Catarina entre tantos eventos festivos!

Comente e compartilhe com seus amigos e não deixe de participar!

Dúvidas?

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.